10 grandes mulheres do Brasil de hoje

Mulheres que você precisa conhecer.

BuzzShe

Para finalizar o Mês Internacional da Mulher, eu trago o nome de dez grandes mulheres do Brasil de hoje, pelo ineditismo de seus trabalhos ou pela genialidade e força de seus conteúdos.

Bora prestigiar!

Giphy / Via giphy.com

Publicidade

1. Sonia Guajajara

Campanha de Mulher / Via campanhademulher.org

Sonia Guajajara é uma ativista maranhense e indígena, representante do do povo Guajajara. Fez grande movimentação para denunciar as violações de direitos que ocorriam em Belo Monte. É coordenadora executiva da APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil) e grande liderança indígena nacional.

2. Bel Santos Mayer

Articuladora da área social, pedagoga e militante da educação. Bel é coordenadora do Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário, o Ibeac, que fomenta e incentiva o desenvolvimento educacional a partir de projetos extraordinários na Zona Sul de São Paulo. Seu trabalho desenvolvido no bairro de Parelheiros, extremo sul de São Paulo, é amplamente reconhecido.

Publicidade

3. Danielle Monteiro

Divulgação / Via mvp.microsoft.com

Mestra em engenharia da computação, arquiteta de dados e palestrante, Danielle foi a primeira mulher brasileira a falar na importânte conferência de tecnologia MongoDB World, em Nova York. Além disso, ela é instrutora oficial do LinkedIn Learning, onde é uma grande inspiração para todas as meninas negras que querem ingressar no ramo da tecnologia e inteligência de dados.

4. Naine Terena

Medium / Via medium.com

Doutora em educação, curadora, artista e pesquisadora, Naine Terena é autora do projeto Territórios Criativos Indígenas, do antigo Ministério da Cultura e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que visa ao desenvolvimento da economia criativa entre quatro povos indígenas do estado.

Publicidade

5. Conceição Evaristo

Divulgação / Via justificando.com

Conceição Evaristo é um dos gradnes nomes da literatura contemporânea do Brasil. É romancista, poeta e contista, homenageada como Personalidade Literária do Ano pelo Prêmio Jabuti 2019 e vencedora do Prêmio Jabuti 2015. Também é uma reconhecida pesquisadora na área de literatura comparada. Tem participação em revistas e publicações, nacionais e internacionais, que tem por tema a afrobrasilidade.

6. Joice Berth

Alex Batista/Trip / Via revistatrip.uol.com.br

Arquiteta, urbanista e articuladora do movimento negro, Joice é uma grande expoente do feminismo negro aqui no Brasil. É autora do livro "O que é empoderamento", colunista do portal Justificando e do Site Nó de Oito.

Publicidade

7. Joenia Wapichana

Camara dos Deputados / Via camara.leg.br

Joenia é a primeira mulher indígena a exercer a profissão de advogada no Brasil. Ela também é a primeira mulher indígena a se eleger deputada federal. Este grande feito rolou em 2018 apenas, pelo estado de Roraima. Trava lutas enormes dentro do Congresso em defesa da luta ambientalista e dos direitos indígenas.

8. Winnie Bueno

Zero Hora / Via gauchazh.clicrbs.com.br

Socióloga e ativista, criou o projeto Winnieteca, um "Tinder de Livros", aonde pessoas pretas colocam livros que precisam e Winnie coloca pessoas brancas comprometidas com a luta antiracista para comprar os livros e enviar para os endereços indicados. Seu projeto trabalha na linda da democratização do acesso à literatura.

Publicidade

9. Sonia Guimarães

Incansaveis / Via incansaveis.blogspot.com

Sonia é a primeira mulher negra doutora em física do Brasil e também a primeira mulher negra a dar aulas no ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica). Ela começou a lecionar quando nem mesmo alunas eram aceitas no vestibular desta instituição.

10. Rosana Paulino

Divulgação

Rosana Paulino é uma artista visual brasileira, educadora e curadora. Doutora em artes visuais em especialista em gravura, possui obras em grandes museus como MAM (São Paulo), UNM (New Mexico) e Museu Afro-Brasil (São Paulo).

Publicidade