10 coisas que Bolsonaro deveria divulgar em seu discurso na ONU, mas vai esquecer

Rachadinha, crise hídrica, inflação, desemprego. Assunto é o que não falta.

Jair Bolsonaro (sem partido) está em Nova York e, nesta terça (21), irá fazer seu discurso na Assembleia Geral da ONU. Diante do atual cenário brasileiro, elencamos 10 coisas sobre as quais ele deveria falar.

Andressa Anholete/Getty Images

1. As 591 mil mortes por Covid-19.

NurPhoto/Getty Images

Em seu discurso, o Bolsonaro podia enfatizar que, enquanto esse número aumenta consideravelmente, ele faz motociatas pelo país, aglomerando sem máscara, espalhando fake news e negacionismo. Tudo isso sem sequer ter se vacinado.

Publicidade

2. O fato de seus quatro filhos estarem sendo investigados pela Justiça e pela Polícia Federal.

Reprodução

Rachadinhas, funcionários fantasmas, tráfico de influência. Renan, Flávio, Eduardo e Carlos Bolsonaro estão sendo investigados. A ex-esposa também.

3. Benefícios a militares e policiais custando R$ 27 bilhões até 2022.

Andre Borges/Getty Images

Chegou a conta das inúmeras decisões que Bolsonaro tomou para beneficiar militares no Brasil, pessoal. Vai custar R$ 27 bilhões do nosso bolso. Legal, né? Vamos torcer pra ele falar sobre isso lá em Nova York.

Publicidade

4. O aumento de preço da gasolina, que chegou a R$ 7 o litro.

1001nights/Getty Images

A inflação está afetando drasticamente o orçamento familiar do brasileiro. O preço da gasosa já aumentou 31%, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo.

5. Os 14,4 milhões de brasileiros desempregados.

NurPhoto/Getty Images

A pandemia e o desgoverno fizeram a taxa de desemprego atingir 14,1% da população, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Em janeiro de 2020, ela era de 11,2%.

Publicidade

6. A pior crise hídrica dos últimos 91 anos.

NurPhoto/Getty Images

Além da falta de chuva, nossos reservatórios essenciais para geração de energia por hidrelétricas estão com os piores níveis em décadas.

7. Crise hídrica que acaba culminando em uma crise de energia elétrica.

SOPA Images/Getty Images

É por isso que estamos com a tarifa na bandeira vermelha, pagando uma fortuna na conta de luz. Será que ele vai falar sobre isso no discurso na ONU?

Publicidade

8. A alta da fome no país.

picture alliance/Getty Images

Em 2018, 10,3 milhões viviam em situação de fome no Brasil. Em 2020, esse número infelizmente subiu para 19 milhões, segundo o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da covid-19 no Brasil.

9. As denúncias de corrupção no caso da compra de vacina.

Andressa Anholete/Getty Images

A CPI da Covid investiga as denúncias feitas dentro do Ministério da Saúde no caso da vacina indiana Covaxin. Talvez, na ONU, o Bolsonaro possa explicar como isso aconteceu, já ele enfatizou tantas vezes que em seu governo nunca teria corrupção.

Publicidade

10. Sua reprovação pela maioria dos brasileiros.

NurPhoto/Getty Images

Em julho, uma pesquisa Datafolha mostrou que a reprovação a Bolsonaro subiu e atingiu 51% da população. Além disso, 54% dos brasileiros defendiam o pedido de impeachment.

Veja também